Como aumentar a participação dos pais na vida escolar

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Para que crianças e adolescentes aprendam e se desenvolvam adequadamente é necessário não apenas iniciativas vindas da escola. A participação dos pais no ensino melhora o rendimento escolar dos filhos, como demonstra o relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a partir dos resultados do Programa de Avaliação de Estudantes Internacionais (PISA), divulgado em 2016.

Os impactos da participação da família na vida escolar são positivos para todas as classes sociais. Então, como conseguir uma boa integração entre escola, alunos e pais?

Iniciando o processo de comunicação

O primeiro passo é ter consciência de que é necessária uma mudança de atitude tanto dos gestores e formuladores de políticas públicas como de professores, diretores e pais ou responsáveis pelas crianças e adolescentes. Na maioria das vezes, os pais somente são chamados na escola quando há algum problema, ao invés de serem informados sobre todo o processo estudantil. Por isso, a criação de diálogos entre instituição e pais é importante.

Para uma escola em que a comunicação é quase nula, esse pode parecer um passo complicado. No entanto, existem formas relativamente simples que podem iniciar um processo de diálogo.

Destinar uma pessoa responsável pela comunicação entre escola e comunidade pode ser uma boa alternativa. Algumas ações atribuídas a esse profissional podem ser: envio de recados para as famílias sobre reuniões, atividades e eventos escolares, atendimento dos pais ou responsáveis que procuram a escola com dúvidas e incentivo ao trabalho voluntário entre a comunidade.

Em algumas escolas existem ainda grupos formados pelos pais que participam voluntariamente em atividades da instituição e também opinam e orientam a gestão da escola. Esse método de comunicação é muito comum nos Estados Unidos e eficaz para a integração.

Criação de sistemas para escolas

Outro empecilho para o diálogo entre a comunidade e a escola é a falta de estrutura.  Quando os pais procuram a instituição, mesmo que raras vezes, geralmente enfrentam muitos problemas para ter acesso às informações dos filhos, já que a escola não está preparada.

Um investimento efetivo por parte dos gestores públicos é a criação de softwares para gestão das escolas. Os sistemas possuem diversas funcionalidades e facilitam o trabalho da escola. Informações como calendário escolar, disponibilidade de vagas na instituição, notas e atividades dos alunos, avisos e reuniões podem ser disponibilizadas para os pais. Além disso, o acesso ao histórico escolar e outros documentos dos alunos se torna muito mais fácil através de um sistema de gestão.

Veja como o software Educação, da Betha, torna as informações mais acessíveis para pais e alunos:

O apoio dos servidores do governo é importante nesse processo de relacionamento entre escola e comunidade, pois facilita a articulação entre áreas diferentes. Às vezes, nota-se a necessidade de conectar aquele aluno ou responsável a outros serviços públicos fora do âmbito da educação.  

Confira outras funcionalidades do sistema da Betha para melhorar a educação pública. Baixe nosso e-book grátis!


Tags> , ,
Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
Sobre o autor
Betha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2018 © Copyright Betha Sistemas