7 erros que afetam a governança no setor público

governança no setor público
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Adotar boas práticas de governança no setor público é fundamental, tanto para o desenvolvimento econômico de um país quanto para o avanço da sociedade. No entanto, para isso ocorrer, de fato, é ideal que os governantes consigam atingir altos níveis de transparência e eficiência na gestão, seguindo os princípios e valores que compõem uma governança. 

A gestão no setor público existe como forma de garantir eficiência e transparência na administração pública, impedir irregularidades e reduzir falhas que possam comprometer o atendimento das necessidades da população. Além disso, é fundamental para assegurar que seja prestado um serviço de qualidade à sociedade.

O trabalho deve visar sempre a entrega de serviços públicos de excelência, priorizando um trabalho ético, organizado e modernizado, que favorece tanto a população quanto os governantes.

A falta de planejamento e outros problemas relacionados à administração pública colocam em risco os serviços prestados à população. Para evitar essas situações, é necessário seguir boas práticas de governança que são definidas por órgãos fiscalizadores, como o TCU (Tribunal de Contas da União).

Conheça 7 erros graves que afetam a governança no setor público a partir da leitura a seguir:

7 erros de governança pública que devem ser evitados

1. Falta de transparência

Uma estrutura de governança no setor público deve sempre colocar como prioridade a participação dos cidadãos nos processos de gestão pública, além de atuar de forma transparente não apenas nas ações, mas também na divulgação dos resultados.

Após a promulgação da Lei da Transparência, o acesso a informações em relação à gestão pública foi ampliado, o que deu origem a uma série de portais ligados ao Governo, onde a sociedade pode ter acesso aos mais diferentes dados.

Alguns exemplos são: 

De forma geral, as pessoas querem ser mais participativas nas mudanças e decisões dos governantes. No entanto, o que não pode faltar nesse relacionamento entre os administradores públicos e a população é, sem dúvida, muita transparência.

2. Ausência de um planejamento estratégico

Não há como seguir uma governança no setor público sem a criação de um planejamento estratégico. Afinal, o planejamento serve para direcionar os governantes durante a execução de uma ação de forma mais estratégica e eficiente, mantendo o foco nas principais urgências e necessidades. 

O processo de planejamento inclui a análise de pontos fortes, fraquezas, oportunidades e ameaças, além de ser uma maneira eficiente de priorizar as áreas que mais precisam de atenção. Só é possível criar planos de ação após ter em mãos um planejamento bem definido e com metas a serem alcançadas.

3. Ignorar possíveis riscos

Ignorar possíveis riscos é uma grande falha na hora de colocar em prática as ações que envolvem o setor público. Aliás, esses riscos precisam ser previstos ainda na fase do planejamento. 

Com a criação de uma boa gestão de riscos, é possível evitar ou minimizar os efeitos de incertezas sobre diversas ações. É preciso sempre pensar a curto, médio e longo prazo.

4. Resistência à modernização de processos 

Modernizar os processos é fundamental em uma  governança no setor público. Afinal, inovar significa buscar novas formas de eliminar retrabalhos, reduzir custos, diminuir desperdícios, otimizar tempo e ser mais eficientes nas decisões. 

Tudo isso é possível graças às novas tecnologias, que promovem a automatização de processos e o aumento na produtividade dos profissionais. 

Quer um exemplo? Confira como a tecnologia Cloud trouxe avanços na rotina da prefeitura de Cocal do Sul.

5. Ignorar ou não se atentar às leis

Quando existe uma governança no setor público, é fundamental que os governantes e os servidores sigam à risca todas as leis. Isso garante que qualquer decisão importante seja tomada com o respaldo da legislação, sendo essa mais uma forma de proteção e segurança para ambas as partes: tanto para quem está no poder quanto para a população.

6. Falta de integração entre departamentos

No setor público, principalmente em municípios pequenos, é comum que diferentes departamentos não tenham o costume de compartilhar informações. Essa falta de integração entre os setores prejudica o desempenho financeiro do município e aumenta a chance de possíveis erros na tomada de decisões e na execução de diferentes ações.  

Por isso, promover a integração dos departamentos é uma excelente estratégia para otimizar o trabalho do setor público, melhorar a comunicação interna e promover ações mais positivas. Essa também é uma forma de engajar os setores e aumentar o comprometimento de todos os envolvidos.

7. Ausência de capacitação

Profissionais que trabalham no setor público devem estar capacitados para exercerem suas funções. A ausência de capacitação pode gerar grandes prejuízos financeiros e prejudicar de maneira significativa as práticas definidas pela governança.

Planos de desenvolvimento, treinamentos e outras ações de capacitação são recomendados para que as equipes se tornem cada vez mais competentes e eficientes.

Visto todos esses erros que afetam a governança no setor público, é essencial que os responsáveis pelos diferentes departamentos de gestão avaliem o que deu certo e o que deu errado nos últimos tempos. São esses momentos de análise e reflexão que garantem o bom desenvolvimento dos mais diferentes países, estados e municípios.

A boa governança pública une o desempenho e a conformidade ao definir ações de forma estratégica, ética e legalmente adequadas. Isso significa que os agentes públicos são responsáveis por seguirem as práticas descritas na governança e por executarem todas elas, gerando valor e buscando sempre solucionar os principais problemas públicos e as maiores necessidades da sociedade.

 

Quer consumir mais conteúdos como esse? Acesse o blog da Betha e não deixe de acompanhar as nossas redes sociais: Linkedin, Instagram e Facebook

Tags>
Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
Sobre o autor
Betha
Betha Sistemas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *