Os benefícios da tecnologia em nuvem

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A utilização da tecnologia de computação em nuvem, ou cloud computing, em softwares para a gestão pública, apresenta diversas vantagens e, por esse motivo, tem se difundido entre os órgãos públicos.
Você, gestor, gostaria de conhecer alguns benefícios na gestão por meio de um sistema de tecnologia em nuvem? Vamos listar aqui os motivos pelos quais você deveria considerar este tipo de solução para o município onde atua.

Gostaria de ter um baixo custo de implementação e manutenção?

O sistema em nuvem não demanda da gestão pública gastos com infraestrutura física, servidores, licenças específicas de softwares e equipes especializadas para atualizações. Isso gera economia para os municípios investirem em outras áreas.

Busca por tranquilidade em relação à segurança dos dados do município?

Ao contrário do que muitos gestores pensam, a tecnologia em nuvem apresenta maior segurança de dados. Em primeiro lugar, considerando os aspectos físicos, caso ocorra alguma situação como furto de equipamentos ou desastres como incêndios e enchentes, os dados estarão a salvo mesmo com o hardware ausente ou danificado. Os DataCenters possuem certificações de seguranças e edificações preparadas para os mais diversos tipos de desastres. Em segundo lugar, considerando a segurança contra invasões de dados, os sistemas em nuvem têm medidas de segurança superiores a servidores físicos, provedores em nuvem utilizam padrões internacionais de segurança com criptografia avançada, processos de espelhamento dos servidores, dessa forma, se ocorrer algum erro, os dados não são perdidos.

Quer estabelecer maior sustentabilidade nos procedimentos dos órgãos públicos do município?

Uma gestão digital, em que a massa documental fica na maior parte na nuvem, cessa o gasto desenfreado de papel, que causa degradação do meio ambiente. Isso diminui gastos com papéis e impressões e torna o processo mais prático e rápido, evitando extravios de documentos, desorganização da papelada, entre outros contratempos.

Precisa potencializar a produtividade por parte da equipe de gestão e servidores?

A tecnologia em nuvem facilita as rotinas de trabalho. Com os dados armazenados em um sistema fora dos computadores das repartições públicas é possível acessá-los de qualquer dispositivo conectado à internet, dessa forma o gestor ou servidor pode realizar suas tarefas fora do órgão público, como em casos de viagens ou reuniões.

Procura agilidade no seu planejamento estratégico?

Por meio do uso de softwares de planejamento para a gestão pública é possível gerenciar de forma ágil, controlando questões importantes para a gestão, como otimização de mão de obra, monitoramento da equipe interna e redução de custos.
Além disso, a tecnologia ampara o gestor com dados apresentados de forma rápida, atualizada e possibilitando o cruzamento de dados, cooperando com um planejamento com base sólida e segura, resultando no crescimento do município.

Todos os tópicos expostos resultam em impactos positivos para o município e sua comunidade. Porém, a tecnologia em nuvem também apresenta benefícios diretos ao cidadão, a partir de questões como:

Maior transparência da gestão pública

Utilizando-se de plataformas online, é possível construir uma relação de transparência entre a gestão pública e a população, prevista em lei.

Facilidade para o cidadão

Por meio de um sistema para gestão pública em nuvem, os órgãos públicos podem oferecer serviços de qualidade à população, facilitando processos utilizando-se de serviços online. O cidadão pode, sem precisar se deslocar até o órgão público, retirar documentos como notas fiscais, solicitações de emissão de alvarás, certidões negativas, guias de pagamento de IPTU, entre outros. Tais documentos ficam disponíveis na web de forma ágil e segura.

As soluções em nuvem da Betha

Foi pensando em tudo isso que a Betha tomou a decisão de migrar seus produtos para a tecnologia em nuvem. O gerente e criador do setor de Pesquisa e Desenvolvimento da Betha, Ezequiel Garcia, que atua há 26 anos na organização, explica que “quando a Betha começou a oferecer sistemas em nuvem, passamos a garantir aos nossos clientes muito mais segurança, muito mais economia e muito mais agilidade na entrega de soluções”. Em sua visão, o gestor público está, cada vez mais, buscando liberdade e poder para inovar na gestão pública, e é justamente isso que a Betha está entregando: “liberdade e simplicidade para evoluírem nossas soluções”.

Responsável por lançar em 2008 a linha Fly, de produtos desenvolvidos dentros dos conceitos de web 2.0 e computação em nuvem, Ezequiel expõe que diversos motivos levaram a empresa a tomar a decisão de migrar para a nuvem, em especial o desejo em oferecer aos gestores públicos soluções que atendessem o mercado por um longo tempo. Tendo tal questão em mente, as soluções da Betha foram reescritas e remodeladas para a tecnologia em nuvem, ao contrário de meramente adaptadas dos sistemas em desktop.

Ezequiel esclarece que “a Betha decide remodelar seus sistemas visando criar, desde a concepção do produto, uma solução que opere com harmonia entre suas funcionalidades, de forma mais simples e mais ágil, pois, as funcionalidades não precisaram ser incorporadas ao longo do tempo. Isso não significa que na reescrita e remodelagem perdemos funcionalidades, muito pelo contrário, entregamos funcionalidades mais fáceis e mais simples de serem utilizadas, e ao mesmo tempo, muito mais poderosas em termos de recursos”.

Ao utilizar um software reconstruído ao invés de adaptado, o gestor faz uso de um produto com possibilidade de utilização mais fácil e ágil, resultando em uma maior produtividade no seu dia a dia, e mais produtividade significa mais rendimento. Desta forma, ao oferecer um sistema reescrito e remodelado, a Betha está contribuindo para a otimização de gastos públicos. A Betha oferece a oportunidade de gestores públicos trabalharem com soluções modernas e que puderam ser repensadas, aproveitando todas as oportunidades de melhorias. Ezequiel complementa: “um aspecto muito importante é que estamos dando a segurança de que o cliente poderá utilizar nosso produto por um longo tempo, o que não é garantido em sistemas adaptados. Quando se adapta um sistema, geralmente não se muda a tecnologia, e como todos sabemos, as tecnologias ficam ultrapassadas. Então, os clientes ficam muito mais suscetíveis a esbarrarem em situações onde o produto poderá a qualquer momento não funcionar mais por motivos externos, como sistemas operacionais e navegadores incompatíveis, além de novas abordagens de utilização, como smartphones, smart tvs, etc.”.

A Betha tem uma máxima em relação à garantia, onde considera que a única garantia que se tem é que as coisas sempre mudam! Tal visão reflete, principalmente, nos processos da empresa e na percepção de que sempre existem oportunidades de melhorias nos processos. Essa perspectiva assegura o bom processo de trabalho e que trouxe a Betha até seus 33 anos. São gestores e seus times envolvidos na busca em otimizar os processos da empresa, visando mais qualidade e mais produtividade em suas entregas.

O gestor público que utiliza os sistemas em nuvem da Betha conta com benefícios como maior liberdade de atuação, flexibilidade em suas soluções de software e agilidade em seus processos que resultam em maior economia, possibilitando investimentos em outras áreas, otimizando o orçamento público do município onde atua.

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
Sobre o autor
Betha Sistemas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *