/noticia/solucoes-da-betha-sao-certificadas-e-recebem-selo-site-blindado
  • Início
  • Notícias
  • Soluções da Betha são certificadas e recebem selo “Site Blindado”

Acompanhe nossas notícias

« Voltar à listagem de notícias
  • 25/10/2018 Soluções da Betha são certificadas e recebem selo “Site Blindado”

    “Segurança dos Produtos”. Esse era o nome do projeto estratégico iniciado pela área de Desenvolvimento da Betha Sistemas, em 2017, que almejava a certificação de três soluções da empresa com relação a segurança. O que os profissionais envolvidos não previam, no entanto, é que a ideia tomaria corpo e proporções muito maiores, estendendo suas vantagens para todo o hall de produtos oferecido ao mercado.


    Meses após o início do projeto, até agosto de 2018, 14 dos sistemas selecionados já haviam alcançado seu intento, conquistando o selo “Site Blindado”. Isso significa que desde então eles possuem a garantia de que não serão comprometidos por qualquer tipo de vulnerabilidade. De acordo com o gerente do departamento de Pesquisa & Desenvolvimento da Betha, Ezequiel Garcia, isso garante ainda mais confiança aos usuários, que têm a certeza de que seus dados estarão seguros.


    A blindagem foi realizada por uma empresa especializada, que também é responsável por executar testes manuais e automatizados semanalmente. “Para alcançar esta marca, corremos atrás, fizemos melhorias nos sistemas e nos ambientes”, diz Ezequiel, ao explicar que: “existe uma organização internacional chamada Projeto Aberto de Segurança em Aplicações Web (OWASP), que determina as 10 falhas de segurança mais graves e com maior ocorrência em todo o mundo. A empresa certificadora atesta, entre outras coisas, que nossos sistemas estão livres desses ataques”, informa.


    Para realizar o projeto já foram investidos, até agora, cerca de R$ 300 mil. Ezequiel pontua, ainda, que como houve uma atuação muito forte nos ambientes em busca de melhorias, todos os sistemas já foram diretamente atingidos. “O projeto que inicialmente abrangeria apenas três produtos estruturou-se, proporcionando ainda mais confiabilidade aos nossos clientes. Agora eles podem ficar completamente despreocupados, porque o selo é a garantia de que a informação não vai ser roubada, de que o sistema não ficará indisponível porque o banco de dados foi sequestrado, entre outros problemas relacionados”, exemplifica o gerente do P&D.



    Você sabia?


    Os ataques cibernéticos vêm crescendo com frequência, gravidade e impacto. E por conta disso, aumenta também a necessidade de empresas e governos adotarem recursos tecnológicos para combater as ameaças, cada vez mais qualificadas e agressivas. Para se ter uma ideia, conforme a Pesquisa Global de Segurança da Informação de 2016, realizada pela PwC Brasil, em 2015 houve um aumento de 38% nos incidentes de segurança da informação em todo mundo. No Brasil, este número foi ainda mais acentuado, crescendo 274% com relação ao ano anterior.


    O estudo também mostra que estes episódios foram mais elevados nas pequenas organizações, enquanto entre grandes empresas eles cresceram em ritmo mais lento. Os prejuízos financeiros totais atribuídos a ataques cibernéticos mais que dobraram para as pequenas organizações. Já nas grandes, as perdas caíram 16% em 2015.


    Paralelo a isso, as empresas aumentaram os investimentos na área em 24%. Apostas em planejamento de segurança, criptografia e firewall estão entre as mais comuns. A blindagem de sites também é uma boa opção, já que elimina riscos como a pichação do site, ou seja, inserção de dados de cunho político ou religioso, além, é claro, da alteração de descrições dos produtos e preços, quando houver. Em casos mais críticos, a blindagem impossibilita invasões que têm o objetivo de tirar o site do ar, alterando inclusive as configurações de acesso dos administradores.


Compartilhe essa notícia
Notícias relacionadas
  • 17/01/2018
    Prazo para entrega da Dirf é divulgado

    Mais um ano começou e os gestores públicos municipais devem estar atentos às obrigações legais da sua entidade. Uma delas, que tem prazo final para o dia 28 de fevereiro, é a Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (Dirf), declaração feit...

  • 30/07/2018
    Vargem aprimora gestão por meio da tecnologia e melhora processo de trabalho interno

    Até o início do ano passado, os servidores de Vargem, município localizado na Serra catarinense, realizavam alguns processos internos manualmente, sem a utilização de sistemas de gestão que ajudavam a controlar os recursos públicos. O cenário mudou, ...

Acompanhe nossas Redes Sociais
Instagram Instagram
x Normas e Procedimentos

INFORMAÇÕES

A sua inscrição estará finalizada somente após o recebimento do e-mail de confirmação, enviado pela Universidade Corporativa. A Universidade Corporativa reserva-se o direito de cancelar o treinamento se a quantidade mínima de inscrição não for atingida. Para solicitar qualquer informação sobre nossos treinamentos, acesse a página de contato ou ligue: (48) 3431-0733 Rama: 4792

FORMAS DE PAGAMENTO

Normas Financeiras:
1 a 2 inscrições por instituição: pagamento integral;
3 inscrições por instituição: 15% de desconto;
4 ou mais inscrições por instituição: 20% de desconto.

Através de Sose:
A SOSE será enviada ao participante por e-mail e deverá ser reenviada (digitalizada) assinada pelo responsável do setor junto aos dados de Empenho (se necessário), antes da realização do treinamento. O faturamento será efetuado posteriormente, em nome da instituição participante.

Através de Boleto (PF):
No caso de faturamento para pessoa física, é enviado por e-mail ao participante, o boleto para pagamento. Este deverá ser quitado antes da realização do treinamento e reenviado (digitalizado). Após o pagamento do mesmo, é enviada a nota fiscal.

Observações:
Das pessoas que se inscreverem e não comparecerem ao treinamento será cobrado uma multa de 30% do valor de cada inscrição, em fatura.
Não será reembolsado o valor pago na inscrição a clientes que não comparecerem ao treinamento sem aviso prévio.

x