6 ações para promover a transparência na gestão em saúde

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao contrário do que muitos pensam, fazer uma gestão transparente não é um diferencial ou um benefício que um governo pode oferecer aos cidadãos. A transparência na gestão em saúde e em todas as áreas de atuação pública é uma obrigação dos servidores — e um direito da população.

Sendo assim, buscar soluções que tornem a gestão na saúde mais transparente é de grande importância para facilitar o acesso aos dados e informações aos cidadãos e, também, para elevar a confiança da população para com o gestor e sua equipe.

Em tempos onde a disseminação de informações falsas acontece com alta frequência, o impacto de ações que promovem mais transparência na gestão em saúde é imensamente positivo para garantir que não existam margens para dúvidas ou informações equivocadas. 

Quer saber como possibilitar o acesso às informações públicas para os cidadãos? Confira 6 ações práticas que vão te ajudar a manter a sua gestão mais transparente e contribuir para os avanços do município.

6 ações para promover a transparência na gestão em saúde

1- Investir em um sistema de gestão pública

Um sistema de gestão pública é uma importante ferramenta para promover a transparência na gestão em saúde. Isso porque, com um sistema integrado a todas as outras áreas da gestão, é possível ter clareza e visibilidade de tudo que acontece internamente. 

Outra vantagem é que, com a tecnologia como aliada, é possível ter um histórico completo sobre todos os investimentos, custos e ganhos obtidos na área, criando uma espécie de dossiê do mandato.

2- Criar relatórios eficientes

Os relatórios são instrumentos facilitadores da transparência na gestão em saúde, já que é a partir deles que os principais dados de desempenho da gestão são acompanhados e analisados detalhadamente. Para garantir que os relatórios sejam eficientes e contribuam para uma gestão transparente, é fundamental ter ferramentas inteligentes que possam cruzar as informações e extrair dados que facilitem também a tomada de decisão dos gestores da saúde.

3- Permitir que a população tenha acesso às informações

De nada adianta investir em softwares que disponibilizam o acesso às informações se a população não puder consultá-las. Uma maneira de facilitar o acompanhamento dos cidadãos às informações pertinentes à gestão da saúde é com o desenvolvimento de aplicativos que favorecem a proximidade do público com a gestão

Esse tipo de ação potencializa de maneira efetiva as ações de transparência pública e controle social, pois, a partir delas, é possível consolidar as informações de fontes variadas e disponibilizá-las com consistência e transparência para toda a sociedade. 

4- Investir em armazenamento em nuvem

Conhecido também por elevar a produtividade dos servidores e facilitar a busca de documentos e arquivos armazenados de forma on-line, a nuvem é uma tecnologia que também contribui para a transparência pública. 

Isso acontece, pois, após o arquivamento de qualquer informação, a busca pode ser facilmente solicitada e acessada em poucos minutos, reduzindo a burocracia relacionada ao acesso de dados, tornando os processos com foco na transparência na gestão em saúde muito mais otimizados. 

5- Realize audiências públicas

As audiências públicas são de grande importância para manter a população informada sobre os acontecimentos do governo, promovendo não somente a transparência na gestão em saúde, mas também possibilitando que a participação pública opine, proponha melhorias, questione o que tem sido feito e faça parte do planejamento de novas metas dentro do setor. Com esse tipo de ação, os cidadãos assumem um importante papel no desenvolvimento do município, além de fazer parte da democracia de forma produtiva e transparente. 

6- Elaborar um compliance de saúde

Ter um compliance de saúde é importante para estipular diversas regras e procedimentos fundamentais em uma gestão pública. A partir das normas descritas no compliance, é possível exigir padrões de posturas de ética, transparência e qualidade para os atendimentos e condutas realizadas em todo o setor de saúde. 

Além de ser um ótimo aliado para a transparência na gestão em saúde, o compliance auxilia também a evitar fraudes e na administração de fornecedores de insumos, padronizando as condutas de contratação dentro do planejamento estipulado.

Quer conferir outras dicas para promover a transparência na gestão em saúde e melhorar o atendimento em todo o setor? Baixe nosso e-book e descubra como o atendimento da saúde em seu município pode ser mais rápido e moderno.

Tags> ,
Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
Sobre o autor
Betha
A Betha Sistemas é especialista no desenvolvimento de soluções de tecnologia para a gestão pública. Conta com um portfólio de mais de 47 sistemas e seis aplicativos mobile, que tornam as atividades dos gestores e servidores públicos mais eficientes. Para oferecer ao mercado os melhores produtos, a Betha utiliza tecnologia cloud, machine learning, big data, internet das coisas, inteligência artificial e reconhecimento de voz e facial. Possui 36 anos de história, 600 colaboradores diretos, matriz em Criciúma/SC, sete filiais, 22 revendas parceiras, mais de 3 mil clientes, mais de 1,4 milhão de usuários e está presente em 22 estados brasileiros. Para saber mais, acesse a página oficial da empresa: https://www.betha.com.br/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *